Evento de extensão estimula coleta de lixo eletrônico

 em UNIFACEAR

No dia 5 de junho foi celebrado o dia Mundial do Meio Ambiente, um tema vastamente discutido por pesquisadores, acadêmicos e sociedade pública em geral. Em comemoração a este dia, alunos dos cursos de Sistemas de Informação, e Análise e Desenvolvimento de Sistemas do campus Araucária realizaram uma campanha de coleta de Lixo Eletrônico..

Foi uma iniciativa realizada dentro do Projeto de Extensão intitulado Identidade ANASI promovido pela Coordenação de Curso. O coordenador dos cursos de Sistemas e Análise, o prof. Doutor Carlos Gouvea, e coordenador do Projeto de Extensão descreve que este projeto tem como objetivo estimular os alunos a promover, realizar e participar de atividades e eventos de impacto social ou ambiental na comunidade de Araucária de forma a evidenciar e estimular os alunos desses cursos em pautas sociais e ambientais de alta relevância e de ampla discussão pela sociedade local ou regional.

Durante os dia 08 e 22 de junho, no campus Araucária, os alunos participantes deste evento de extensão (Andre Mildemberg, Adailson Santos, Guilherme Weber, Lucas Mattos, Mateus Chaves e Thiago Assumpção) e o professor orientador Carlos Gouvea realizaram a divulgação de material de publicidade convidando os alunos dos cursos de Araucária a participarem entregando materiais considerados Lixo Eletrônico. Durante o período, uma caixa de madeira resistente foi deixada no hall de entrada onde os alunos depositassem seus materiais.

Lixo

O que é Lixo Eletrônico?

O lixo eletrônico ou resíduos eletrônicos são todos os dispositivos eletroeletrônicos, de celulares, tablets e computadores a TVs, lavadoras de louça e de roupa, geladeiras e etc., que são descartados por seus donos ou não possuem mais finalidade de uso. Em suma, o descarte incorreto desse tipo de material impacta a saúde pública devido aos metais pesados, gera danos ao meio ambiente através da contaminação de solos, lençóis freáticos e os organismos da fauna e da flora e, além disso, reduz o tempo de vida dos aterros sanitários.

O evento contou com a participação de 315 alunos de todos os cursos do campus e também professores que entregaram diversos materiais para descarte como: mais de 100 aparelhos celulares e tablets, 15 CPUs de computadores, mais de 500 pilhas alcalinas, mais de 20 controles remotos de TV, mais de 15 teclados, lâmpadas (fluorescente, incandescente e LED), aparelhos de comunicação a distância, roteadores, monitores, cabos de comunicação e conectores em geral, telefones fixos, discos rígidos, placas eletrônicas, componentes eletrônicos e elétricos, entre vários outros.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Araucária (SMMA) e o seu Departamento de Limpeza Pública, coordenado pelo Sr. Diretor Victor Cordeiro, foi feito no último dia 24 de junho às 14hs a retirada do material coletado no período por uma equipe especializada da prefeitura para o devido destinamento dos resíduos, seja para reciclagem ou correto descarte sem prejudicar o meio ambiente.

Em relato os alunos descrevem que “o principal intuito em questão de valor social que o nosso grupo adquiriu nessa empreitada foi a conscientização sobre o impacto que o extremo consumismo está causando no nosso planeta gerando em média por ano 53 milhões de toneladas de lixo eletrônico. Que na maior parte das vezes não recebe um fim adequado.”

Para o coordenador do curso e do projeto de Extensão, prof. Carlos Gouvea, este evento mostra não apenas a importância do estreitamento dos cursos de Sistemas e Análise com temas sociais e ambientais à comunidade local e acadêmica, mas também mostra que pequenas ações podem trazer um alto impacto na forma como a sociedade interage com o seu ambiente, mantendo-o limpo e saudável para as futuras gerações.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

IML