Dia do Vestibulando: curiosidades sobre universidades no Brasil e vantagens de escolher uma carreira

 em BLOG UNIFACEAR

Os cursos superiores surgiram no Brasil a partir de uma determinação de Dom Pedro 1º, em 1827. Na época, foram estabelecidas duas escolas de direito, uma em Olinda (PE) e outra em São Paulo (SP). O ingresso a esses cursos era restrito a alunos de colégios mais conceituados e de famílias com melhores condições financeiras. O conceito de vestibular, como conhecemos hoje, viria a aparecer apenas décadas depois, reformulando a educação. Em 24 de maio, é celebrado o Dia do Vestibulando. No blog de hoje, vamos descobrir mais sobre a origem dos processos seletivos e a importância de estar cursando no ensino superior. 

Vestibulando
A partir de 1911, houve um aumento na procura por cursos superiores. Na época, os principais cursos eram de Direito e Medicina, com grande destaque, também, para Filosofia. Passaram a ser adotadas provas orais como método para incluir mais estudantes interessados. Com o tempo, pelo alto número de pessoas tentando ingressar em cursos superiores, essa prática passou a ser inviável. Desde então, surgiram os vestibulares, em forma de exames escritos, que passaram a ser obrigatórios. 

Vestíbulo vem do latim vestibulum, que, traduzindo, seria “entrada”. Por isso, os exames foram batizados como vestibulares. O uso oficial dessa palavra foi fixado em 1915, pelo decreto 11.530.

Com bases formadas para o ensino, considerando a adesão de alunos e profissionais, passaram a aparecer as primeiras universidades. Entre as pioneiras, estiveram a Universidade do Paraná e a Universidade do Rio de Janeiro, atualmente federais (UFPR e UFRJ). 

Mudanças necessárias

A partir da década de 1920, o sistema de vestibular, da forma definida anteriormente, começou a ter complicações, visto que o número de aprovados passou a ser maior que os lugares disponíveis nas faculdades. A questão só foi solucionada de forma definitiva em 1968, ano em que 120 mil alunos não conseguiram se inscrever em universidades por carência de vagas. Houve uma reformulação por conta deste fator, tornando o vestibular classificatório e com número de vagas restrito. 

ENEM

Outro passo importante na cronologia histórica foi a criação do Exame Nacional do Ensino Médio, em 1998. Desde o seu início, tem sido uma ferramenta de avaliação da qualidade do ensino e das instituições. Com o tempo e o surgimento de programas governamentais, tornou-se uma forma de ingresso em diversas universidades, oportunizando milhões de alunos com bolsas e também a chance de estudar no ensino público.  

Vantagens de ser aprovado no vestibular

Um vestibulando deve estar ciente daquilo que está em jogo. Atualmente, as melhores oportunidades costumam aparecer para quem tem sucesso nessa etapa. Dados do IBGE, por exemplo, mostram que nos últimos anos a parcela de trabalhadores empregados composta por quem não tem nenhuma instrução recuou 47%, enquanto a de pessoas com ensino superior completo avançou 48,2%. 

Além disso, pessoas com diploma de graduação ganharam cerca de 140% a mais do que profissionais que tinham educação até o ensino médio. Ingressar em uma instituição é fundamental para a carreira. 

Oportunidades na Unifacear

A Unifacear parabeniza, no dia de hoje, todos que estão passando pela escolha de uma graduação. Aconselhamos muita paciência para que cada passo seja bem calculado. Anteriormente, em post no blog, trouxemos dicas de estudos para provas, que podem ajudar de forma preciosa na hora de arrasar no teste decisivo. 

Em nosso site, confira oportunidades de cursos nos formatos presencial, semipresencial e EAD. Temos o compromisso com ensino de qualidade e mensalidades justas. Acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro de novidades. 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Letrasrh