Dia do Assistente Social: saiba mais sobre a carreira

 em BLOG UNIFACEAR

No Brasil, as primeiras escolas de Serviço Social surgiram no final da década de 1930, quando acontecia no país o processo de industrialização e urbanização. Nas décadas de 1940 e 1950, houve um reconhecimento da importância da profissão, que foi regulamentada em lei no ano de 1957. Em 15 de maio, é celebrado o Dia do Assistente Social. No blog de hoje, saiba mais sobre a profissão e as possibilidades ofertadas pela Unifacear. 

SocialConceito

A carreira em Serviço Social tem foco na coletividade e na integração de indivíduos dentro da sociedade, lutando contra desigualdades e propondo melhoria nas condições de vida de crianças, adolescentes e adultos. Seu trabalho impacta nas áreas da saúde, educação, família, lazer, sistemas penitenciários e previdência social, por exemplo. 

A profissão é regulamentada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo as Diretrizes Curriculares Nacionais, o curso em Serviço Social habilita o formando a identificar demandas sociais, realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres, prestar assessoria e consultoria na administração pública, empresas e movimentos sociais e orientar a população na defesa de seus direitos. 

Mercado de trabalho

Assistentes Sociais tem sido procurado com bastante frequência por equipes multiprofissionais em várias esferas. A grande maioria, no entanto, trabalha no setor público. Entretanto, uma coisa não anula a outra, sendo possível conciliar. É normal que os profissionais estejam envolvidos com ONGs, associações, movimentos sociais, universidades (como docente ou pesquisador), institutos técnicos, escolas, creches e hospitais, entre outros.

No setor privado, a busca por um estilo de vida mais saudável e equilibrado tem feito diversas empresas privadas procurarem por assistentes sociais para compor equipes multidisciplinares. Já o profissional autônomo pode prestar seus serviços à empresas como consultor de direitos sociais, atuando em projetos grandes ou situações mais pontuais. Outra forma de seguir na área é como docente, na vida acadêmica, dando aulas ou auxiliando no desenvolvimento de projetos e pesquisas. 

Perfil profissional e remuneração

Para exercer o ofício, é necessário ter um perfil humanista e de empatia, especialmente pelo contato com situações sensíveis e de vulnerabilidade. Há todo um código de ética no qual o profissional irá se basear. 

É uma profissão de extrema importância visto que, segundo dados do IBGE, 1,8 milhão de famílias brasileiras vivem em situação de extrema pobreza.

Segundo o portal Catho, a média salarial do assistente social é de R$ 2.439.71 por mês. O valor varia de acordo com a função e o porte da empresa ou da experiência no órgão público. O levantamento mostra que um assistente social recém-formado, trabalhando em uma organização pequena, recebe aproximadamente R$ 1.660,88 por mês. Já um profissional de nível pleno, que trabalha em uma empresa de tamanho médio, ganha o dobro: R$ 3.373,66. O teto, para um profissional mais experiente, seria algo em torno de R$ 6.800,00. 

Curso da Unifacear

O curso de Serviço Social EAD tem duração de 4 anos, formando o profissional que atua na questão de combate das desigualdades sociais, acompanhando e analisando melhorias e soluções para o bem estar tanto de crianças e jovens como adultos.

No curso de Serviço Social da Unifacear o aluno irá contar com um moderno ambiente virtual de aprendizagem, tutores à disposição para o esclarecimento de dúvidas, biblioteca virtual com mais de 14.000 livros e diploma reconhecido pelo MEC em todo o território nacional.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

EnfermagemDireito