Alunos de Engenharia Elétrica conquistam reconhecimento internacional

 em UNIFACEAR

Mais uma vez os alunos de Engenharia Elétrica da Unifacear conquistam o reconhecimento internacional. Desta vez a conquista ficou com os acadêmicos Giovanni Faria, Michel Fernandes Peres e Osmar da Silva Neta, os quais sob a orientação do professor e orientador Carlos Alexandre G. da Silva tiveram seu artigo publicado na revista internacional IEEE Revista Iberoamericana de Tecnologias del Aprendizaje da International Electrical and Electronics Engineers Association.

O artigo científico, publicado em inglês, é resultado do trabalho de conclusão de curso dos alunos do décimo período de Engenharia Elétrica de 2019. O artigo apresenta uma proposta inovadora e contribuição relevante ao meio científico, no qual foi proposto um equipamento eletrônico que visa melhorar o entendimento e aprendizado acadêmico de alunos do curso de Engenharia Elétrica em relação ao tópico de máquina elétricas (motores) e dispositivos de proteção para essas máquinas. O intuito foi criar uma máquina didática que auxilie alunos e professores no processo de ensino-aprendizagem tanto em sala de aula quanto em laboratórios. A máquina didática possui um layout simples, no qual o acadêmico consegue simular através de botões e chaves de contato as principais falhas que podem ocorrer em motores trifásicos, melhorando assim a sua compreensão das causas de falhas e quais procedimentos podem ser adotados na proteção e manutenção dos motores.

Para o professor e orientador, Carlos Alexandre G. da Silva, a publicação desse artigo representa o reconhecimento de todo esforço dos alunos e orientador em propor uma contribuição nova e inédita ao meio científico, sendo esse um requisito obrigatório para obtenção de cursos de Doutorado na maioria dos programas de pós-graduação. “Os alunos se mostraram muito receptivos e empolgados ao tema desde o primeiro contato. Durante o processo de desenvolvimento, eles se engajaram na construção do protótipo, o qual já estava construído no final do TCC1. Já no TCC2 eles conseguiram melhorar e adaptar o protótipo com base nos desafios técnicos propostos. Os alunos seguiram as orientações dadas e executaram com perfeição o processo metodológico e principalmente técnico para a conclusão do projeto.”, explica Carlos.

 A revista na qual foi publicado o artigo faz parte de um conglomerado de alto nível internacional mantido pela associação internacional de engenheiros conhecida como IEEE. Além disso, o mesmo trabalho rendeu mais uma publicação no XXXV SIMPÓSIO SUL DE MICROELETRÔNICA realizado em 2020 e um draft na revista da UNIFACEAR.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário