Acadêmicos da Unifacear desenvolvem bateria promissora para carros elétricos

 em UNIFACEAR

Daqui aproximadamente 10 anos, os carros elétricos irão representar 5% da frota brasileira, com vendas de 180 mil unidades por ano, segundo informações da BCG (Boston Consulting Group). Um mercado promissor está surgindo e trazendo grandes desafios às montadoras e às redes de abastecimento. De olho nessa onde de eletrificação, acadêmicos da Unifacear se debruçaram ao longo dos últimos 3 anos sobre um projeto inovador e ousado. Os estudantes Rodrigo Fagundes, 23 anos, e Cristofer Silva, 21 anos, que estão no ultimo semestre do curso de Engenharia Mecânica,  começaram a pesquisar em 2017, um modelo de uma bateria com uma nova composição, que ainda não existe no mercado. Posteriormente vieram a somar a equipe a engenheira química Jolena Soares e o doutor em ciência dos materiais, Fabiano Thomazi.

Os pesquisadores desenvolveram uma bateria de silício aprimorada para os carros elétricos. Esse componente representa diversas vantagens em comparação com as baterias tradicionais, entre elas, um menor custo, maior autonomia e menor tempo de carregamento. 

O acadêmico Rodrigo explica que, por conta da abundância na natureza, o silício possui um custo baixo de produção. “Esse menor custo poderá resultar também no barateamento dos próprios veículos”, destaca. E diz ainda que as baterias de silício oferecem maior autonomia aos carros, pois esse material tem uma capacidade de armazenar energia até 10 vezes maior do que as baterias convencionais.

Em relação ao menor tempo de carga, Cristofer comenta que a bateria desenvolvida por eles tem uma condutividade elétrica superior. “Isso possibilita que elas carreguem mais rapidamente, destaca.”

Fonte: https://www.opopularpr.com.br/jovens-pesquisadores-desenvolvem-bateria-inedita-para-carros-eletricos/

Postagens Recentes

Deixe um Comentário